Chegou a hora da Natação em Budapeste

Enquanto algumas modalidades já se despedem da Hungria, a Seleção Brasileira de Natação acertou os detalhes para iniciar hoje, sua campanha no 17º Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos. Na manhã deste sábado, os atletas realizaram seus últimos treinos, antes da estreia do time, na Arena Duna. O Brasil traz a Budapeste uma equipe composta por 16 atletas, com quatro estreantes.Nas eliminatórias da primeira etapa teremos Brandonn Almeida, nos 400m livre; Joanna Maranhão, nos 200m medley e 400m livre; Henrique Martins e Nicholas Santos, nos 50m borboleta; Felipe Lima e João Gomes Junior, nos 100m peito; Gabriel Santos, Marcelo Chierighini, Bruno Fratus e Cesar Cielo, pelo revezamento 4x100m livre. As eliminatórias terão início neste domingo, 23/07, às 9h30 (4h30 no Horário de Brasília) e finais às 17h30 (12h30 no horário de Brasília).
– Desde o meu primeiro Mundial esta piscina é uma das melhores que nadei, tudo está organizado e bonito. Estou me sentindo em casa. Amanhã nadamos o revezamento livre e está todo mundo muito bem, acho que faremos uma boa prova – comentou Marcelo Chierighini.
O primeiro nadador brasileiro a cair na água será Brandonn Almeida, pelas eliminatórias dos 400m livre. Apesar de ter conquistado índice para nadar em Kazan 2015, o atleta optou em competir o Mundial Junior, em Cingapura, onde conquistou o título de campeão mundial, nos 1500m livre.
– É bem legal estar no meu primeiro Mundial de piscina longa. Em 2015 tínhamos dois mundiais e optamos pelo Mundial Junior, e acho que foi a escolha certa. Era meu último ano na categoria e acreditávamos que no adulto poderia entrar em outro, deu certo. Agora é estrear bem. O complexo aquático está lindo, as piscinas são bem bonitas e isso deixa a gente mais motivado para competir. Amanhã nado os 400m livre, não é minha principal prova, mas é bom para entrar bem na competição – comentou Brandonn Almeida, hoje com 20 anos.
O time feminino conta com três atletas. Etiene Medeiros, Joanna Maranhão e Manuella Lyrio, todas com vasta experiência em competições internacionais. Joanna nadará quatro provas em Budapeste, 200m e 400m medley, 200m borboleta e 400m livre, sendo duas logo no primeiro dia:
– Cada vez que venho para um campeonato de grande porte, o olho sempre brilha quando entramos na piscina pela primeira vez. Estou pronta, feliz e não vejo a hora de chegar amanhã. No primeiro dia, as provas tem diferença de 30 minutos, tempo suficiente para sair, soltar e voltar bem. Em Campeonato Mundial temos que acertar 100% de manhã para entrar em uma semifinal ou final, mas é o que torna ainda mais desafiador – analisou Joanna Maranhão.
Nos 50m borboleta, Henrique Martins e Nicholas Santos buscarão suas vagas na semifinal,com mais de 86 nadadores inscritos nas eliminatórias. Na prova em que Nicholas é o atual vice-campeão, ele e Henrique chegam à fase classificatória com o primeiro e quarto melhores tempos de balizamento, respectivamente.

Em mais uma forte prova, Felipe Lima e João Gomes Junior chegam em busca das próximas fases dos 100m peito, em que ambos estão entre os dez melhores tempos de inscrição.
A seleção chegou a Budapeste depois de um período de aclimatação realizada em Portugal.
– Eu vou para lá desde 2004, a piscina é maravilhosa e o pessoal faz a gente se sentir em casa. Estamos em um momento diferente. O presidente nos mandou uma mensagem falando dos próximos passos e isso dá uma sensação de pertencimento para o time. Foi a primeira vez que o diretor de natação, Renato Cordani, conversou com a gente e fez explanação de tudo que está acontecendo. Também nos falou que dessa vez não se pode ofertar uma estrutura como das outras vezes, então ninguém “deve nada” e, se todo mundo assimilou como eu, deu uma sensação de leveza e é isso que espero ver no time – completou Joanna.

Seleção Brasileira
Brandonn Almeida, Bruno Fratus, Cesar Cielo, Etiene Medeiros, Felipe Lima, Gabriel Santos, Guilherme Guido, Guilherme Costa, Henrique Martins, João Gomes Junior, Joanna Maranhão, Leonardo de Deus, Manuella Lyrio, Marcelo Chierighini, Nicholas Santos e Thiago Simon.

Equipe Multidisciplinar
Treinadores: Alberto Silva, Felipe Domingues, Sérgio Marques (chefe de equipe) e Tiago Moreno.
Médico – Luiz Roberto Marchese.
Fisioterapeutas: Natan Cunha e Tiago Consenza
Biomecânico: Samie Elias

Fonte CBDA
Eliana Alves / Souza Santos / Mariana de Sá

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *